sábado, 23 de junho de 2012

Restauração do Tenório: Bomba de combustível

Para um perfeito funcionamento do motor, é fundamental que o sistema de alimentação esteja em ordem e em pleno funcionamento. Até ai nenhuma novidade, já que todos sabemos que sem combustível o Jeep não vai andar, mas o problema que nesse sistema, muitos só dão atenção ao carburador e acabam se esquecendo da bomba de combustível.

Realmente essa é uma peça que não costuma ser muito problemática, mas considerando ser um carro antigo e se você quer evitar problemas, é sempre bom se preocupar com a manutenção preventiva, além do que alguns problemas que aparentam ser culpa do carburador, podem ter origem na má conservação da bomba de gasolina!

Alguns podem até pensar porque não trocar por uma bomba selada que ainda existem a venda, mas eu prezo a originalidade do meu Jeep, bem como sei que a bomba original quando bem conservada é mais eficiente e adequada ao Jeep do que as novas, além de admitir reparos o que ainda pode ser encontrado no mercado e até custar menos do que uma bomba nova.
Pensando nisso, resolvi desmontar a bomba de gasolina e vou postar aqui algumas fotos do procedimento.

Imagem: Catálogo Geral de Peças Willys do final da década de 60

Essas são primeiras fotos da bomba antes do reparo, veja que ela foi pintada erroneamente de preto, já que originalmente é de cor original do metal.
Abaixo a foto da bomba de gasolina com a tampa inferior aberta. Um detalhe interessante é essa peça branca que é na verdade o filtro de gasolina (já que na época o Jeep não usava nenhum filtro de gasolina) e você pode aproveitar para fazer uma limpeza interna do sistema.
Essas pequenas peças acima com uma pequena borracha preta são as válvulas de entrada e saída de combustível e é essencial que esta borracha esteja em perfeito estado pois a sua deformação ou desgaste impossibilita o bom funcionamento da bomba, já que não veda corretamente a passagem do combustível. Lembrando que esta borracha, bem como a da foto abaixo, precisa ser resistente tanto a gasolina como ao álcool.
Acima, foto da velha junta de vedação que já estava bem desgastada bem como a junta que fica entre a bomba e o bloco do motor. A desmontar a bomba, não se esqueça de verificar a situação do diafragma e do seus componentes e caso haja algum problema neste, recomendo realizar a traca para melhor funcionamento e até mesmo evitar o vazamento de combustível.
Fabricando novas juntas
Creio que esta bomba seja da marca Motorcraft
Fotos depois da restauração e retirada da antiga pintura
Se você também se animou com essa postagem e pretende fazer a manutenção da bomba de gasolina recomendo que antes aproveite para fazer uma visita no site do Walter Júnior que apresenta uma matéria completa sobre a troca com muitas dicas bem interessantes que vale a pena conferir: Bomba de Gasolina Original.